SÍNDROME DE GAMSTORP


Descrição

É um tipo raro de paralisia  periódica que geralmente se inicia antes dos 10 anos de idade, a crise depende dos níveis  elevados do potássio no organismo. O doente se queixa de parestesias no início da crise que pode durar  até duas horas. A genética molecular atualmente explica alguns dos mecanismos da Síndrome de Gamstorp, já foi mapeado um gene defeituoso para a forma hipercalêmica. O modo de transmissão é autossômico dominante.

Sinonímia

É uma doença também conhecida pelos seguintes nomes: 

Incidência

Diagnóstico

Diagnóstico diferencial  

O diagnóstico diferencial deve ser feito para que a Síndrome de Gamstorp não seja confundida com outras patologias com quadro clínico semelhante. Através dos exames clínico, físico, laboratoriais e estudos radiológicos o médico pode excluir essas doenças, até chegar ao diagnóstico correto. A doença  que podem ser geralmente  confundida com a Síndrome de Gamstorp é a seguinte:

Tratamento

Tratamento específico medicamentoso sob indicação médica nas crises graves.  A maioria das crises cedem espontaneamente.

Cuidados que o  portador deve ter para evitar as crises


Dúvidas de termos técnicos  e expressões, consulte o glossário específico de Doenças Neurológicas.